Seguidores

sábado, março 09, 2013

Nosso adeus à dona Euda...

4


Posso viver 100 anos consciente que todos nós partiremos um dia, mas quando chega o momento, sempre concordo com Mario Quintana: “a morte chega pontualmente na hora incerta”. Nessa madrugada foi a vez da amiga querida Euda Flexa Nunes, a popular "Dona Euda", fazer sua passagem. Faço minhas as palavras da amiga Sonia Canto: "hoje a boemia está de luto". Tô triste, muito triste!

Dona Euda passou mal na porta do avião, em Belém (PA) e faleceu. Ela se recuperava de uma angioplastia. 

Conheci dona Euda somente em 2010.Durante dois anos, bebi no Bar da Euda. Gosto tanto do estabelecimento que escrevi sobre ele: http://eltonvaletavares.blogspot.com/2012/04/o-bar-da-euda.html

Ia lá quase toda semana. Dona Euda era meio mãe da gente, os biriteiros assíduos de sua casa. Sempre séria, de poucos sorrisos, mas doce conselheira, centrada e amada pela galera.  Parecia que conhecia aquela senhora.  E sei que ela também gostava muito de mim. 

A vida sempre continua e a morte faz parte dela, todos sabemos. Mas, às vezes, a estrada fica mais triste, o fardo mais pesado e tudo cinzento. Eu e dezenas de amigos estamos arrasados com a partida de dona Euda. Aí estão alguns depoimentos: 

A morte dessa amável mulher, mãe, vitoriosa e dedicada. deixa em nós a lembrança do seu sorriso e a tranquilidade que nos trazia paz ao observá-lo. Vamos ter força para superar esse imenso sentimento de perda que tivemos.Falo em meu nome, e por todos os meus amigos que já tiveram junto a mim, bons momentos em seu tradicional bar, que resultou grandes laços de amizade. Adeus dona Euda, já sentimos saudades. Forte abraço amigo Miguel Nunes” - Aline Vanessa. 

Daí eu descobri que melhor do que desabafar com as velhas amigas sobre os meus casos e descasos de amor, era ouvir os esporros que vinham do outro lado do balcão. Dona Euda dizia sempre aquilo o que eu precisar ouvir. Na medida. Sem vírgulas, sem papas na língua. Papo reto, nu e cru. E ela sabia de tudo, e de todos, rsrrsr...Ralho após ralho, conselho após conselho ela ganhou minha admiração, meu respeito, minha lealdade. Pessoas como ela são presentes divinos que ganhamos. E esse mundo tá cheio de gente escrota por aí. Enquanto isso, essas pessoas especiais, que de repente invadem e se instalam em nossas vidas, se vão” – Cíntia Souza. 

O ano era 1985 da graça de Nosso Senhor. fui naquela esquina beber um pouco de água, estava só de passagem. ela me deu bom dia, tomei uma pinga, serviu caldo e ganhei abraços... fui bem-vindo na família! O corpo, a morte leva. A voz, some na brisa. Mas a amizade fica, eterna..Euda, tu partes me levando saudades...” – Tãgaha Soares. 

Do que vale a vida ,,,se nao viver ,folgastes para poder morrer ou nascer ou ainda continuar tua bela jornada ,vai com Deus minha Amada dona Euda, Mãe,  Amiga ,sabia da vida, obrigado por tudo , sou grato por ti” – Fernando Bedran. 

Dona Euda passou seus últimos dias ao lado de familiares em Belém. Voltando de viagem, passou mal e faleceu no avião. Ela tinha 65 anos. 

O corpo de Euda Nunes chegará hoje (9) em um voo hoje, às 23h. O Velório de nossa amiga será na Capela Santa Maria, na Rua Hamilton Silva, centro de Macapá. Pertinho do seu bar. O enterro está ocorrerá às 16h de amanhã (10), no Cemitério São José. 

Não tenho como fugir do clichê, certamente dona Euda está em um lugar melhor, pois era um ser humano e tanto. Foi mãe também era batalhadora, trabalhadora, honesta, incansável, uma mulher e tanto!

Meus sentimentos à toda a família, principalmente os amigos Miguelzinho e Rosa. E aos parceiros de bar, que também partilham a tristeza da perda de dona Euda. 

Uma hora dessas, os anjos (ou espíritos de luz) já a receberam. A nós, resta a saudade e boas lembranças. Adeus, querida dona Euda!

Elton Tavares

4 comentários:

  1. Nunca fui muito próximo da Dona Euda, mas aquela mulher de poucos sorrisos era de alguma forma muito cativante. Até quando tava dando esporro na gente pra que fossemos embora que ela queria fechar o bar, mesmo com o bar cheio de gente. Assim era a Dona Euda, sem meias palavras e sempre muito sincera. Nos deixou muitas lembranças, muitas histórias e sempre muito porres.
    Que toda a luz lhe acolha em um novo lar. Vá com Deus Dona Euda.

    ResponderExcluir
  2. Lucio Teles e Izamar10 de março de 2013 11:26

    Uma verdadeira, amiga, maezona, companheira, psicologa, sempre muito experiente e verdadeira....essa era uma das virtudes de DONA EUDA....que DEUS ilumine seus caminhos para que continue a sorrir lá em cima....nossos sentimentos a família.
    Lucio Teles e Izamar.

    ResponderExcluir
  3. Conhecemos e convivemos com Dona Mae de nosso amigos, companheira, amiga, maezona psicologa falava o precisavamos ouvir.....sem rdoeios....direta e verdadeira...jesus ilumine seus caminhos...saudades....nossos sentimentos a familia.

    ResponderExcluir